DNA Rubro-Negro | Para quem nasce Flamengo

Flamengo e natação, uma história antiga e vitoriosa

Postado em Colunas,Recordar é Viver | Sunday, 07 de April de 2013

natacao_flamengo

Fala Nação nadadora!

Pensando no Dia Mundial da Natação, que ocorre dia 08 de abril, achei interessante trazer ao conhecimento da galera um pouco da história deste esporte que sempre foi muito importante e destacado no clube da gávea.

Antes de tudo que tal falar um pouco do esporte em si?!. É sabido que desde a pré-história há registo sobre a natação em pinturas rupestres de cerca de 7.000 anos atrás. A natação de competição na Europa começou por volta do ano de 1800 e fez parte dos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna de 1896, em Atenas. Em 1908, foi fundada a Federação Internacional de Natação (FINA).

A natação foi introduzida oficialmente no Brasil em Julho de 1897, quando os clubes Botafogo, Gragoatá, Icaraí e Flamengo fundaram no Rio a União de Regatas Fluminense posteriormente chamado de Federação brasileira das Sociedades de Remo. Em 1898, promoveram o primeiro campeonato brasileiro de 1 500 m em estilo livre, Abrão Saliture foi o campeão. Em 1914, o desporto e a competições no Brasil começaram a ser controladas pela Confederação Brasileira de Desportos.

Quando digo que sempre foi importante para o clube é até mesmo pela sua idade dentro do Flamengo. O departamento de natação do clube foi fundado em 1921, mas um pouco antes o esporte já tinha entrado para nossa história quando 3 atletas, ou somente pessoas determinadas (risos), nadaram 1 hora e 37 minutos entre a Praia do Flamengo e o Forte São João, na Urca (uma bela paisagem hoje e na época devia ser melhor ainda).

A natação é um dos esportes mais vitoriosos da história do Flamengo. Leia mais

Burita

por Burita

Rafael Burity, o “Burita”, tem 30 anos, é designer web e ilustrador. Co-criador do site Riojob, divulgação de vagas desde 2007.

Papo de Urubu #01 | E o rombo não foi só na piscina!

Postado em Papo de Urubu | Friday, 15 de February de 2013

podcast_arte_post01

Fala Nação livre da Uruca!

Vocês não tem noção da felicidade que estamos em poder anunciar a volta do mais “fantárdigo”, intergalático e pioneiro podcast sobre o mais querido do Brasil. E neste programa de re-estréia nós fizemos questão de trazer novamente o nosso economista de estimação e fiscal federal, Vinicius Paiva, para obviamente bater um papo gostoso e sensual avaliando a gestão Amadorim e revelar as perspectivas para o nosso brilhante futuro!

Para quem não conhece, Vinicius Paiva é o economista, natural de Volta Redonda-RJ que após participar de nosso podcast a quase 2 anos foi convidado para analisar o esporte sob a ótica do marketing esportivo no GE. Isso mesmo! Ele é colunista do GloboEsporte.com.

Mas é isso aí! Fiquem ligados, ouçam o programa e comentem, porque a opinião de vocês é mais que bem vinda, ela é fundamental!

AVANTE MENGÃO e Vida longa ao Papo de Urubu aqui no DNA Rubro Negro! Leia mais

Carnica

por Carnica

Carniça é o editor do Papo de Urubu, o podcast do DNA. Ele tem todo poder nas mãos e todas gravações comprometedoras da equipe.

PARABÉNS EX-PRESIDENTE

Postado em humor | Wednesday, 13 de February de 2013

Claro que neste dia não poderíamos esquecer de uma pessoa muito, MUITO, especial para todos nós rubro negros!

#chupaamadorim

niver_amadorim

Carnica

por Carnica

Carniça é o editor do Papo de Urubu, o podcast do DNA. Ele tem todo poder nas mãos e todas gravações comprometedoras da equipe.

VITÓRIA DO PROFISSIONALISMO

Postado em Colunas | Tuesday, 04 de December de 2012

Agora é oficial, galera. Todos os nossos esforços valeram a pena. Eduardo Bandeira é o novo
presidente do Flamengo! Desde o início das eleições sempre me posicionei a favor da Chapa
Azul. Fui motivado pelo desejo e a esperança de ver o Mengão sendo gerido por profissionais
competentes, oriundos das maiores empresas do país. Que este resultado represente uma
ruptura ao amadorismo de outras épocas.

Se o Eduardo Bandeira e sua equipe vão cumprir o que prometeram e tornar o Flamengo
grande novamente só vamos saber com o tempo. O fato é que terminamos 2012 sem nenhum
título, mas com um baita motivo pra comemorar! Se a torcida vestir a camisa e se mobilizar em
todos os jogos como fez nesta votação já é um bom começo.

Eu vivo por você, Flamengo!

#OMeuFlamengoVoltou

Vesti o Manto ao nascer
Me acostumei a vencer
Minha melhor herança
É esse amor por você

Levo no peito e na alma
Flamengo é minha vida
Sei que não existe
História de amor mais bonita

É o maior do mundo
Vou aonde ele for
Eu to aqui pra ver
O meu maior amor

E a gente joga junto
Vamos meu Mengão
Parte pra cima deles
Raça Amor e Paixão

Por Filipe Fontoura Cintra:

A chapa azul venceu as eleições do Flamengo. Sim, a chapa, e não o Bandeira, imagem que a própria chapa prega.
Acredito ter sido a melhor escolha. Parecem mais preparados, estruturados e capacitados para gerar o clube nesse próximo triênio.
A mudança não será de uma hora para outra. Provavelmente sofrerão forte oposição dentro dos poderes do clube. Oposição daqueles que não querem o profissionalismo no clube.
Desejo sorte à nova administração e dizer que não é porque apoiamos que não cobraremos caso a gestão não seja compatível com a grandeza do Flamengo.
Como Zico disse, 3000 pessoas não podem decidir por 40 milhões, portanto espero que implementem um programa de sócio torcedor nesse triênio.
SRN

 

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

#AposentaLéo

Postado em Colunas | Tuesday, 06 de November de 2012

Fala rubro-negrada!

Um post polêmico para esquentar esse frio final de campeonato. Polêmico para aqueles mais apegados ao passado, não para mim. Eu explico.

Não sou ingrato. Léo Moura já jogou muita bola vestindo o Manto. Foi seguidas vezes o melhor lateral do Brasileiro, e já chegou inclusive a vestir a amarelinha (pouquíssimas vezes).

Foi, sobretudo, fundamental em nossos últimos títulos. Os cariocas. A Copa do Brasil. E o Hexa em 2009, principalmente.

Foi. Há tempos não joga 1/3 do que já jogou. Passou o tempo. Já era.

Na lateral, um ex jogador. Dá espaços na defesa (uma avenida) e raramente vai a linha de fundo. No meio, um jogador comum. Meia boca. Perdido na marcação, que não faz jus ao salário que ganha.

Estamos tão carente de ídolos que o Moicano pode entrar nesse hall da fama, atrás de Jorginho e Leandro (este o maior da história), respectivamente.

Renovar seu contrato será mais uma grande burrice dessa diretoria amadora.

Faz um jogo de despedida, entrega um pijama com o escudo do Mengão e borá planejar 2013.

 

Alguns lances pra matar a saudade:

YouTube Preview Image

 

Até o próximo post, galera.

SRN

 

#vaipracimadelesmengo

#AposentaLéo

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

RECORDAR É VIVER – NUNES, O DEPENADOR

Postado em Colunas | Tuesday, 30 de October de 2012

Faaala rubro-negrada!

Faz tempo que o Flamengo vem jogando um futebolzinho muito do sem vergonha. Mas, certas coisas não tem explicação. Bastou uma semana longe pra saudade bater. Para nossa alegria, o período de abstinência chegou ao fim. Amanhã quando os onze mulambos se prepararem para entrar em campo, a Nação vai tirar o Manto do armário e passar aquele sufoco na frente da TV.

Uma perguntinha…

Quando falo em freguês, qual a primeira coisa que vem à cabeça?

Vasco! É, pra mim também. Mas o Atlético Mineiro é outro que cumpre muito bem esse papel.

Ta aí um videozinho daquele que não nos deixa mentir.

YouTube Preview Image

 

#ChupaRonaldinho

#vaipracimadelesmengo

Até o próximo post, galera.

SRN

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

TOP 5 GOLS DE ZAGUEIRO

Postado em Colunas | Tuesday, 23 de October de 2012

Fala rubro-negrada!

Finalmente uma semana tranquila. Ganhamos da bambizada e, pelo menos por enquanto, nos afastamos um pouco da zona de degola. Jogamos certinho, sem muita inspiração. Mas o que importa são os três pontos. De positivo também foi ver pela primeira vez a zaga 2013, com González e Renato Santos. Os dois foram muito bem e são um alento para essa reta final de campeonato. O gol do chileno aliás, além da vitória, me inspirou a postar aqui o meu Top 5 de gols marcados por zagueiros que já vestiram o Manto Sagrado.

Vamos ao meu ranking:

YouTube Preview Image

Nº1 – Reigelim, herói do Hexa.

 

YouTube Preview Image

Nº2 – Rondinelli, Deus da raça, marcando contra os fregueses.

 

YouTube Preview Image

Nº3 – Juan, sacudindo o Palmeiras.

 

Nº4 – Gamarra, contra o Flu, pelo conjunto da obra.  (Não consegui achar em lugar nenhum o vídeo desse gol, se alguém tiver coloca o link aí nos comentários)

 

YouTube Preview Image

Nº5 – Fábio Luciano, de meia-bicicleta contra a Portuguesa.

 

E vocês, alguém sugere algum outro?

 

Até o próximo post, galera.

#vaipracimadelesmengo

 

SRN

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

Os Coronéis do Fla

Postado em Colunas | Tuesday, 09 de October de 2012

Fala rubro-negrada!

Depois de duas semanas longe estou de volta ao DNA. Pouca coisa mudou nesse tempo. O sufoco continua o mesmo. Ao que tudo indica, vamos lutar contra as zonas inferiores da tabela até o fim do campeonato. Fizemos alguns jogos bons e outros nem tanto. No geral, mantivemos a rotina: não aproveitamos as chances de gol lá na frente e pecamos na marcação lá atrás.

Mas, o que mais me chamou a atenção, infelizmente, foi a formação do nosso meio-campo no último jogo: Renato, Ibson, Léo Moura e Cléber Santana. Teria Dorival sucumbido aos “coronéis” do time? Porque não há ninguém nesse mundo que explique Ibson e Léo Moura de titulares. Ainda to livrando dessa o nosso querido Canelada. Ou alguém pensa o contrário? Não, mas sinto cheiro de mutreta aí nessa parada.

Digo isso sem qualquer informação de bastidores. Apenas a opinião pessoal de um flamenguista que já viu alguns absurdos nesse mundo do futebol. É, essas coisas acontecem. A mim me pareceu que Dorival decidiu botar os caras para evitar qualquer retaliação do grupo. Todos sabem que Léo Moura, Ibson e Renato têm uma influência gigantesca no elenco. E derrubar um técnico que ameace o seu posto de titular intocável pode sim ser uma alternativa. Uma atitude covarde, inescrupulosa, estúpida. Mas possível entre os boleiros. Nesse mundo ninguém é inocente.

Que me desculpe a galera mais exaltada, mas não sou da turma que acha que o Ibson não presta. É verdade, seu salário é um absurdo. Foi contratado a peso de ouro só para atrair mais votos para a candidatura da Dona Paty (ex-vereadora hahahaha), vive uma péssima fase mas ainda acredito que pode ser útil. Por hora, seu único lugar é banco. Léo Moura então é uma aberração. Mas, pensando melhor, melhor deixar o ex-jogador lá do que botar o desgraçado do Bottinelli.

A verdade é que nesta altura, não importa quem jogue. Que seja com os coronéis, com os moleques, com qualquer um. Vestiu a camisa é pra empurrar pra cima. Depois disso tudo, com os 45 pontos garantidos, aí sim pode começar a faxina.

Vamos buscar esses três pontos lá em Sampa!

#vaipracimadelesmengo

 

Até o próximo post.

SRN

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

A Exterminadora do Futuro

Postado em Coluna do leitor,Colunas,Eleições 2012 | Thursday, 13 de September de 2012

Fala Nação politizada!

Neste ano especial para o mengão com as eleições à presidência do Flamengo, achamos interessante trazer opiniões sobre os candidatos.

A opinião de hoje é do amigo Pedro Migão (@pedromigao). Leiam com atenção e opinem.

—————————————————————————————————————————-———
VAI COMEÇAR…
—————————————————————————————————————————-

Texto de: Pedro Migão (@pedromigao)

Eu estava evitando escrever sobre este assunto para os leitores não pensarem que é uma postura eleitoreira, mas não se pode ficar calado diante do absurdo que vem sendo perpetrado pela atual presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, a poucos meses do término de seu mandato.

Contrariando princípios básicos de gestão, a poucos meses do término de seu mandato a Presidente está renovando os dois contratos mais importantes de receitas do clube por vários anos além do término de seu período, deixando quem a suceder sem qualquer margem de negociação ou ampliação das receitas do Flamengo.

Sabemos que Patrícia Amorim pode se reeleger em dezembro e que suas chances, por incrível quanto pareça, são muito boas, mas isto é básico: somente se trabalha com definições de orçamentos dentro do espectro da própria gestão, no máximo no ano seguinte. Na prática Amorim irá determinar aspectos importantes da gestão do clube até pelo menos 2018, impondo sua linha de atuação mesmo que seu grupo político não esteja mais no poder.

Ainda há outra questão a ser analisada: o clube recebeu agora adiantamentos sobre os contratos em questão, o que diminui a previsão de receitas para os anos subseqüentes. Adiantamentos, alias, que provavelmente foram gastos mais rápidos que o tempo que eu levei para escrever este artigo.

Vamos caso a caso. Leia mais

Burita

por Burita

Rafael Burity, o “Burita”, tem 30 anos, é designer web e ilustrador. Co-criador do site Riojob, divulgação de vagas desde 2007.

Pior que dengue

Postado em Colunas | Tuesday, 11 de September de 2012

Fala rubro-negrada!

Depois de 4 dias ardendo em febre, dor de cabeça, mal-estar e outras coisas mais, enfim recebi o diagnóstico: dengue. E tenho que admitir, dengue é uma merda. A cabeça parece que vai explodir a qualquer momento. Quem já teve sabe muito bem do que estou falando. Mas, assistir o Flamengo tem sido muito pior. O nível de imbecilidade do nosso time supera todos os limites. Fico imaginando a angústia do nosso treinador em escalar os 11 pernas de pau.

Até um time paralímpico faria a festa na nossa defesa. O menino Frauches, tão elogiado nas categorias de base, só faltou cair de bunda no gol do semi-aposentado Lincoln. Já o cabeça de camarão do Wellinton, que todo jogo dá 576809 chutões sem necessidade, quis inovar e sair driblando na frente da área. Resultado: mais uma lambança pra sua extensa coleção e gol do Coritiba.

Talvez o que eu fale agora seja apenas reflexo deste péssimo momento. Mas, na boa, assim como o companheiro de Twitter, @ClaudioLaquino, to vendo que essa nova geração não passa de fogo de palha. Muito alarde pra pouco futebol. Apenas novos Ericks Flores, Vinicius Pachecos, Fabianos Oliveiras e tantas outras promessas que nunca se firmam em lugar nenhum. Será que não vale vender essas “joias fajutas” e reforçar direito o elenco pra 2013?

Tudo bem, entendo que é cedo ainda para queimar os moleques. Mas observem os outros times. A maioria deles têm garotos recém-puxados da base, com mais personalidade e que já estão fazendo muito mais sucesso: Ademílson, do São Paulo; Bernard, do Galo; Jádson, do Botafogo; Samuel, do Fluminense.

O Z4 se aproxima e o nosso futebol segue ladeira abaixo. Aquela organização que o Dorival conseguir dar ao time logo nos primeiros jogos já não é a mesma. Voltamos ao velho estilo Joel, sem qualquer organização. Ainda não critico o treinador. O cara vem tentando tirar o máximo de cada jogador. Mas o máximo de nada é porra nenhuma. Falta qualidade em todas as posições. A diretoria, que é a responsável por montar um elenco decente, está mais ocupada em manter seus cargos políticos e aumentar o cabide de empregos lá na Gávea.

Zinho, aliás, que foi contratado só pra comandar o futebol, em vez de procurar algum reforço que preste na série B, deve tá organizando um culto para tirar o Flamengo dessa lama.

O jeito é apelar pra São Judas. Que ele nos ilumine.

Até a próxima.

 

#SRN

#ForaPatyPiscina

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

Podcast Papo de Urubu

  • Visualizar

    PAPO DE URUBU #08 | Gordos no estádio

  • Visualizar

    PAPO DE URUBU #07 | O camisa 8 da nação

  • Visualizar

    Papo de Urubu #06 | Homer é Rubro Negro

Ver Todos

Categorias

banner-quadrado-camisa-dna

Cadastro de Newsletter

Entre com seu e-mail: