DNA Rubro-Negro | Para quem nasce Flamengo

Os dois lados do Carioqueta

Postado em Bate-Pronto,Colunas | Tuesday, 02 de April de 2013

31mar2013---renato-santos-do-flamengo-disputa-bola-no-alto-com-jogadores-do-auidax-na-partida-valida-pela-taca-rio-do-campeonato-carioca-1364763302915_1920x1080

Do torcedor passional:

Perder para o Audax e ser eliminado precocemente do Carioca é o cúmulo da vergonha. Não importa que neste momento o objetivo seja colocar as contas em dia. Queremos reforços. Sobretudo, queremos raça. Tomar gol no primeiro minuto é inaceitável. E Jorginho, o técnico baratinho, vai dar conta desse time no Brasileiro? Quarta tem Copa do Brasil, como fica? Se não passamos nem de Resendes, Boavistas e Audaxes, o Remo lá em Belém vai ser um sufoco danado.

Do crítico imparcial:

Perder para o Audax é realmente difícil de aceitar. O Flamengo não tem um grande time, longe disso. Mas se comparar a nossa folha salarial com a deles, fica evidente a responsabilidade da vitória. A diretoria, no entanto, continua no caminho certo. Foi-se o tempo em que ganhávamos o Carioca e passávamos o Brasileiro fugindo contra o rebaixamento. O pensamento é outro. E se for esse – economizar agora para acertar as contas e reforçar o time depois – tudo certo. Vamos aguardar os próximos capítulos.

E para vocês, qual dos dois tem razão?

Na minha modesta opinião, ambos. Mas é preciso manter um pé em cada lado. Um no emocional, outro no racional.

Não podemos achar normal uma eliminação precoce do Carioca. Mas sem alarde. Se no decorrer do Brasileiro tivermos um time competitivo (bem diferente desse), passar por essa vergonha agora terá sido, digamos, compreensível.

Enquanto isso, ajuda aí São Judas!

#vaipracimadelesmengo

Não esqueçam de ouvir o Papo de Urubu #04, com os maiores chocolates da história.

SRN

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

Bacalhau à moda antiga

Postado em Colunas | Tuesday, 21 de August de 2012

Fala rubro-negrada!

Ganhar do Vice não é obrigação. É a lógica. Superamos os recentes vexames joelsantanianos e colocamos a portuguesa no seu devido papel de coadjuvantes. É verdade que o time acostumado às divisões inferiores foi melhor durante a maior parte do tempo. Teve mais lances de perigo. Maior posse de bola. Maior volume de jogo. E daí? O que importa é que o Mengão saiu com os três pontos. Não fizemos um bom jogo. Não empolgamos, nem convencemos. Vimos mais uma vez o quão limitado é o nosso elenco. Aliás, tirando o Imperador, não ouço mais nenhum comentário sobre reforços. Por onde anda o Zinho? Mas, deixando tudo isso de lado, vencer do Vasco é como aquela comida da avó: tem um gostinho especial.

Léo, o aposentado

Aquele lateral de outrora não existe mais. Hoje, Léo Moura é um esboço mal acabado de um jogador de futebol. E não falo isso só por cauda daquele gol bisonhamente perdido. É uma constatação da realidade. O Moicano não apoia, não chega na linha de fundo, deixa uma avenida nas suas costas e ainda erra todos os passes que tenta. Já não acho mais tão absurda a ideia de deslocar o Luiz Antônio pra lateral. Nas vezes que atuou ali o garoto foi infinitamente melhor que o velho e apático Léo Moura. Leia mais

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

Vitória cretina

Postado em Colunas | Tuesday, 12 de June de 2012

Fala rubro-negrada campeã do mundo! Finalmente conquistamos nossa primeira vitória no Brasileiro. Resultado que livrou a cabeça – provisoriamente – do Joel. Mas, no fim das contas, até que ponto essa vitória foi válida? Não consegui assistir ao jogo. Apenas vi os melhores momentos assim que cheguei em casa. E fiquei surpreso. O Coritiba dominou, teve praticamente o dobro de chances de gol. E isso sem falar do impedimento não marcado no gol do Love. O que me leva a crer que ganhamos mais em função da sorte do que por competência. Enquanto isso o treineiro continua no cargo, e o Flamengo vai abrindo mão de um padrão tático decente.

A parte boa

Se a atuação da equipe não foi das melhores, dois jogadores saíram de campo com a bola cheia: Luiz Antônio e o estreante Hernane. O meia deve ganhar uma vaga no meio, o que vai dar mais velocidade à saída de bola. Kléberson e Renato juntos não tem a menor condição. Já o atacante vai ficar no cangote dos inoperantes Deivid e Diego Maurício para ser o parceiro do Love. Leia mais

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

LiveCast DNA #12 – 2a Temp. | Barca pronta para as férias precoces

Postado em livecast | Wednesday, 25 de April de 2012

Fala galera que aguarda o brasileirão!

Tá cansado daquelas mesas redondas que falam só alguns minutos sobre o Mengão? Quer participar de um debate 100% rubro-negro? Então você está no lugar certo! Cerca de 79 rubro-negros compareceram segunda a noite ao #LivecastDNA #12- 2a Temporada para debater junto com Rafael “Burita” Burity (@RafaelBurity), um dos criadores do DNA RUBRO NEGRO, e seus convidados, o colaborador do DNA, André Ávila (@andreavila79) e o estreante da noite em livecast, Marcelo Espíndola (@flamuseu) para debater os temas mais relevantes e triste da última semana flamenguista e a última eliminação do semestre.

E obviamente este foi mais um programa patrocinado pela nossa parceira @UseHuck! Clique e confira a blusa temática do mengão!

Leia mais

Carnica

por Carnica

Carniça é o editor do Papo de Urubu, o podcast do DNA. Ele tem todo poder nas mãos e todas gravações comprometedoras da equipe.

Alguns se mostraram úteis, outros não!

Postado em Colunas | Monday, 19 de March de 2012

Não há como avaliar coletivamente um time completamente remendado com o de ontem, mas podemos analisar individualmente.

Felipe – Voltou bem, não foi muito exigido. O grande problema é que Paulo Victor está em fase excepcional e não merecia sair do time.

Galhardo – Como marca mal!! Me faz sentir saudades do Maurinho #exagero. Ontem foi até razoável no ataque, mas não dá.

Junior César – Vem mal desde o ano passado e PRECISA pegar um banco. Não aparece quase no ataque deixando nosso time torto só jogando pela direita.

Gonzáles – Foi bem novamente dando segurança a zaga. Só me preocupa o número de cartões que ele toma. Se não me engano foram 3 amarelos em 4 jogos.

David Brás – Cresceu muito de produção desde a entrada do chileno. Foi bem também.

Muralha – Discreto, mas eficiente. Deu qualidade a saída de bola, com poucos erros de passe e foi bem na marcação.

Luiz Antônio – Melhor jogador em campo. Marcou bem, saiu muito bem pro jogo, puxou contra ataque. Fez de tudo e fez bem. Leia mais

filipefcintra

por filipefcintra

Nascido em Niterói, mas adotei Nova Friburgo como minha cidade natal. Tenho 26 anos, casado (quase), administrador (quase), bom colunista (quase). Fanático por futebol desde pequeno, vim com o Flamengo já em meu DNA.

Bom vice pra vocês

Postado em Colunas | Thursday, 23 de February de 2012

Para todo flamenguista de coração, perder do Vasco é uma das piores sensações que existem. Mas como isso só acontece raríssimas vezes, vamos encarar os fatos. E sem mimimi como os botafoguenses. Não fizemos um jogo ruim, aliás, fomos superiores na maior parte do tempo. Falhamos em momentos cruciais do jogo, e aí meus amigos, não tem do que se lamentar. Na humilde opinião deste que vos escreve, o maior equívoco foi a falta de ousadia do Papai Joel.

Acho uma puta injustiça arrumar vilões num jogo como esse, que poderia ter sido ganho pelos dois times. Mas alguns detalhes precisam ser analisados com um pouquinho de atenção. Felipe tem um crédito imenso com a torcida. O cara tem sido o grande responsável pela baixa média de gols sofridos. Só que ontem falhou, e feio. Não no lance do segundo gol, que fez uma defesa à queima-roupa mais no susto do que qualquer outra coisa. Mas no primeiro, sem dúvidas. Qualquer goleiro mediano teria encaixado aquela bola do Juninho.

Deivid, que já não conta com tanto prestígio assim, protagonizou um dos lances mais esdrúxulos que já assisti no futebol. Por muitas vezes o defendi, sobretudo na questão dos salários atrasados. Mas chega. O que aconteceu ontem não tem desculpa. Se eu fosse o presidente do clube, Deivid nunca mais vestiria essa camisa. Vergonhoso. Inadmissível. Deplorável. Leia mais

marcelofdsantos

por marcelofdsantos

Redator publicitário, apaixonado por @maxflavia e rubro-negro graças a Deus.

Inacreditável e desolador para quem não merece!

Postado em Colunas,Corneta do Burita | Thursday, 23 de February de 2012

Fala Nação inacreditável!

Não tenho como expressar minha tristeza, não pela eliminação, por tamanha mediocridade de nosso treinador e pela displicência do Deivid no gol mais perdido que já vi.

Perdemos e não posso dizer que foi totalmente merecido, mas com certeza foi de bandeja pro bacalhau. Começamos o jogo a mil com um golaço do Love, mas cedemos o empate em um lance, que ao meu ver, de falha do meio-campo, em especial volantes, e o goleiro Felipe que espalmou muito errado. Fundamento básico de goleiro é espalmar pros lados.

Joel mais uma vez deixou claro que monta time para empatar sempre e se der fazer um gol cagado. 3 volantes? 3 volante? Willians, Airton e Renato? Na boa, não vai ganhar nem pelada no aterro do Flamengo. Voltar ao segundo tempo com Deivid totalmente recuado depois de um gol perdido daqueles é pra matar o cara de vez.

O triste é que Deivid estava fazendo uma partida impecável e minutos antes tinha acertado um chute lindo defendido pelo Prass. Foi muito confiante e pouco firme no lance. Pé de gelatina total. A meu ver o time também não comprou o barato do cara e nignuém foi lá dar uma moral pra ele. Sei que é revoltante um gol desses, pode apostar que sei (risos), mas equipe é isso. Precisávamos do cara pra cima e confiante. Leia mais

Burita

por Burita

Rafael Burity, o “Burita”, tem 30 anos, é designer web e ilustrador. Co-criador do site Riojob, divulgação de vagas desde 2007.

Equilíbrio em campo… Mas como é freguês…

Postado em Colunas | Wednesday, 22 de February de 2012

  Hoje o Flamengo enfrenta o seu mais fiel freguês em decisões pelas semifinais da Taça Guanabara de 2012. Podemos dizer que o Campeonato Carioca começa agora e o que veio antes foram somente treinos de luxo, inclusive contra nossos irmãos botafoguenses. Agora vale vaga na final e analisando peça por peça encontramos um certo equilíbrio para o confronto de hoje.

No gol temos um monstro sagrado – Felipe – que cata muito e pode fazer a diferença caso o jogo vá para as penalidades. Prass também é bom goleiro mas considero o Felipe mais decisivo. A lateral direita do Flamengo é forte, porém a zaga é muito fraca. O vasco possui uma boa dupla de zaga com destaque para Dedé e o seu lateral direito e esquerdo são meia boca. Se o vasco jogar com Juninho e Felipe no meio de campo, ganha em passes precisos, mas perde em velocidade. O Fla irá para o jogo com 3 volantes, o que dará para tentar conter o meio cruzmaltino. Porém Felipe e Juninho se destacam nos dribles e faltas. Não que não tenhamos bons cobradores, temos o Renato e R10, mas somente o segundo seria capaz de arriscar e ter êxito em seus dribles o que coloca o meio de campo do vasco mais criativo. No ataque temos o Deivid e o Love que são bons jogadores e quando se entrosarem, junto com o R10, vão dar trabalho! Pelo vasco temos o inconstante Alecsandro e Diego Souza, que está em boa fase. Assim eu diria que vasco e Fla se equivalem no gol, o vasco é melhor no miolo de zaga, as laterais do Mengão são mais fortes, a intermediária se equivale e no ataque o Flamengo é um pouco melhor.

Enfim, temos tudo para termos um jogo muito bom, com fortes emoções e bem equilibrado. Mas como o vasco é freguês em decisões, aposto no Mengão! O placar, 2 x 1! SRN.

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

To be dois no ataque, por favor?

Postado em Colunas,Corneta do Burita | Monday, 06 de February de 2012

Fala Nação carente de um pai!

Este vai ser meu primeiro post do ano, devido ao trabalho que tive na reestruturação do portal, mas acho que valeu o esforço. E vocês? Gostaram de nosso novo site? E os colaboradores?! Mil desculpas pela ausência, mas chega de conversinha e vamos cornetar porque o momento tá pedindo que minha corneta começe a tocar.

Tudo bem que o ano pro Flamengo só vai começar de verdade agora contra o Lanús dia 15, mas precisava jogar do jeito que jogou ontem contra o chorafogo?! Que joguinho nojento meu amigo.

Luxa saiu mas time foi escalado do mesmo jeito. Esse Jaime que ficou no comando  se mostrou um belo de um covarde. Previsível e extremamente limitado ele levou a campo um Flamengo desorganizado e desinteressado. O primeiro tempo do time parecia uma pelada no aterro e olha que pelo que jogaram este time dito “titular” perderia pro Olaria na sexta-feira facilmente.

Fica até difícil realmente criticar um jogador especificamente, mas Luis Antonio e Ronaldinho merecem ser lembrados. Leia mais

Burita

por Burita

Rafael Burity, o “Burita”, tem 30 anos, é designer web e ilustrador. Co-criador do site Riojob, divulgação de vagas desde 2007.

O novo mengão

Postado em Colunas,Corneta do Burita | Thursday, 20 de January de 2011

Fala Nação!!

Voltando das férias que eu resolvi me dar do blog rsrs mas quem quis pôde me acompanhar no #LiveCastUrubuzada.

E ae?! o que estão achando da movimentação rubro-negra deste início de 2011?! Bem né?!

Parece que a nossa “queridíssima” presidente Patrícia Amadorim está querendo tentar apagar todas as Mer@#$%¨d$%¨&as que fez e gerou no ano passado com grandes contratações e uma ambição digna devo admitir de Flamengo.

O pacote de contratações que até o fim de ano passado parecia que ia ser tímido de uma hora pra outra se tornou bombástico. Começamos com o goleiro Felipe, depois o argentino que eu aposto e muito Bottinelli chamado de El Frango rsrs, veio o badboy da Bahia Vander e também o atacante promessa Wanderley, mas o melhor e mais tenso viria com o grande nome do ano: Ronaldinho Gaúcho Carioca em uma novela digna do duvidoso irmão dele que nunca jogou nada A$$i$. E pra finalizar com menos pompa, acredito eu devido a sua identificação com o florminense, veio o Thiago Neves, que pra mim é a cópia melhorada do Renato Augusto e isso não é elogio pra mim rsrs

Leia mais

Burita

por Burita

Rafael Burity, o “Burita”, tem 30 anos, é designer web e ilustrador. Co-criador do site Riojob, divulgação de vagas desde 2007.

Podcast Papo de Urubu

  • Visualizar

    PAPO DE URUBU #08 | Gordos no estádio

  • Visualizar

    PAPO DE URUBU #07 | O camisa 8 da nação

  • Visualizar

    Papo de Urubu #06 | Homer é Rubro Negro

Ver Todos

Categorias

banner-quadrado-camisa-dna

Cadastro de Newsletter

Entre com seu e-mail: