DNA Rubro-Negro | Para quem nasce Flamengo

Ronaldo Gaúcho < Montijo e TN7!

Postado em Colunas | Wednesday, 29 de February de 2012

 

Bom dia Nação! Estive colocando a cachola para funcionar e cheguei a uma conclusão que muitos rubro-negros do DNA e do mundo devem ter chegado: porquê a nossa queridíssima presidente não dispensou o Ronaldo Gaúcho, que só é titular no Flamengo porque joga com o nome que tinha em sua fase àurea no Barcelona e não contratou dois jogadores “medianos” para compor o meio como o Thiago Neves e o Montijo? O Flamengo gastaria os mesmos milhões, ou até menos para ter dois bons jogadores, que dariam mais opções ao técnico Joel ou Luxemburgo, pois não haveria um presidente dentro de campo para demiti-lo, e não ficaríamos dependendo de apenas um único jogador que tem raros lampejos do que um dia foi e que não demonstra o compromentimento necessário para quem é capitão do clube de maior torcida do mundo. Aliás, seria melhor passar a braçadeira para o Love, que encarna como poucos o espírito rubro-negro, mas isso é outro papo.

Comemorei muito, há um ano atrás, a contratação do Ronaldo, mas hoje eu vejo que as coisas desandaram e podem ficar piores. Temos um jogador meia boca, que poderia estar assumindo a responsabilidade com dribles, gols e, no mínimo, RAÇA, fazendo de cada partida do Mengão um espetáculo de se ver, pois esse jogador meia boca já foi eleito o melhor do mundo e futebol para isso ele tem! Fica a pergunta: qual o motivo dele não se empenhar? As noitadas? Se eu ganho R$ 1.200.000,00 por mês e sou capitão de um clube que parou o Rio para recebê-lo há um ano, qual o motivo de eu não demonstrar o mínimo de RAÇA para retribuir o carinho que milhões de apaixonados, que muitas vezes sobrevivem com 1 salário e deixam de comer para ver o Flamengo jogar? RAÇA sim, pois no Flamengo, quando não vai pelo talento, vai pela raça, como vimos com vários jogadores anteriormente! Mas com talento e sem RAÇA não dá, não é jogador para estar no Flamengo. Por isso que afirmo que deveria ser feito um levantamento de custo benefício para ver se vale a pena continuar com R10 ou contratar dois jogadores bons e com mais vontade de defender o Rubro-Negro carioca. Aliás, quantos patrocinadores para o clube o nosso capitão trouxe mesmo? SRN.

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

Equilíbrio em campo… Mas como é freguês…

Postado em Colunas | Wednesday, 22 de February de 2012

  Hoje o Flamengo enfrenta o seu mais fiel freguês em decisões pelas semifinais da Taça Guanabara de 2012. Podemos dizer que o Campeonato Carioca começa agora e o que veio antes foram somente treinos de luxo, inclusive contra nossos irmãos botafoguenses. Agora vale vaga na final e analisando peça por peça encontramos um certo equilíbrio para o confronto de hoje.

No gol temos um monstro sagrado – Felipe – que cata muito e pode fazer a diferença caso o jogo vá para as penalidades. Prass também é bom goleiro mas considero o Felipe mais decisivo. A lateral direita do Flamengo é forte, porém a zaga é muito fraca. O vasco possui uma boa dupla de zaga com destaque para Dedé e o seu lateral direito e esquerdo são meia boca. Se o vasco jogar com Juninho e Felipe no meio de campo, ganha em passes precisos, mas perde em velocidade. O Fla irá para o jogo com 3 volantes, o que dará para tentar conter o meio cruzmaltino. Porém Felipe e Juninho se destacam nos dribles e faltas. Não que não tenhamos bons cobradores, temos o Renato e R10, mas somente o segundo seria capaz de arriscar e ter êxito em seus dribles o que coloca o meio de campo do vasco mais criativo. No ataque temos o Deivid e o Love que são bons jogadores e quando se entrosarem, junto com o R10, vão dar trabalho! Pelo vasco temos o inconstante Alecsandro e Diego Souza, que está em boa fase. Assim eu diria que vasco e Fla se equivalem no gol, o vasco é melhor no miolo de zaga, as laterais do Mengão são mais fortes, a intermediária se equivale e no ataque o Flamengo é um pouco melhor.

Enfim, temos tudo para termos um jogo muito bom, com fortes emoções e bem equilibrado. Mas como o vasco é freguês em decisões, aposto no Mengão! O placar, 2 x 1! SRN.

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

Agora é o Flamengo!!!

Postado em Colunas | Monday, 20 de February de 2012

Flamengo e Vasco fazem nesta quarta – feira de cinzas um jogo eletrizante pelas semifinais da Taça Guanabara. Será o terceiro teste que o Flamengo passará neste início de temporada. O primeiro foi contra o Potosí e o Flamengo passou com sufoco mas passou, depois foi contra o Lanús na estréia e o Flamengo só não ganhou por ter jogado na retranca o tempo todo. Agora é contra o Vasco, um time que fez o dever de casa contra os pequenos do RJ, mas quando teve de provar sua força contra um adversário de peso, o Nacional em casa pela Libertadores, perdeu. Apesar de o Vasco ter ganho de times de menor expressão e do Fluminense, que ainda não encontrou o seu melhor futebol neste início de ano, tenho em mente que Flamengo e Vasco se equiparam neste duelo, pois o Vasco já está há um bom tempo jogando junto e tem em Juninho Pernambucano e Diego Souza, pontos de desequilíbrio enquanto o Flamengo ainda tem de entrosar o seu trio ofensivo e melhorar seu estilo de jogo. Será um bom jogo, como todo Flamengo e Vasco é, mas acredito no Mengão, pois agora o Vasco vai ter de enfrentar o maior desafio deles nesta temporada: a Nação Rubro-Negra!!!

 

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

Marketing do Fla – Agora vai?

Postado em Colunas | Friday, 17 de February de 2012

Boa tarde Nação! É  Carnaval, pessoas se fantasiam para desfilarem e curtir um sambinha. Quem já comprou a sua peruca de trancinhas rubro negras do Love? Ou a máscara do Ronaldinho Gaúcho? Claro que estou me referindo aos produtos oficiais, que dão retorno financeiro ao clube… O que? Você também não comprou? Pensei que eu não tinha achado, mas você me diz que o departamento de marketing não lançou tais adereços? Mesmo estando em pleno Carnaval??? Tudo bem, então eu sairei no carnaval com a minha camisa oficial de material mais em conta que eu adquiri na Fla Boutique por R$ 80,00… Também não tem? Só tenho como opção, se eu realmente quiser ajudar o clube, comprar aquela camisa que custa “míseros” R$ 189,90? Poxa, tá, legal, deixa pra lá também… Mas amanhã tem decisão contra o Resende e eu poderei acompanhar no estádio pois eu comprei o meu carnê de ingressos com antecipação, pela internet e com lugar marcado, né? Também não? Mas como um time que tem Ronaldinho Gaúcho, Felipe, Léo Moura e Love não possui coisas tão básicas para atrair o torcedor?

Parece brincadeira mas este é o departamento de marketing do Flamengo, um clube continental, que se colocasse para vender bala de cuspe com o símbolo do Fla venderia muito, mas que não sabe aproveitar nem as estrelas que tem no time para conseguir gerar receitas. Querem saber? Vou preparar a minha fantasia e ver se encontro um ambulante que me venda  o Moicano do Léo Moura com as cores rubro-negras para curtir a sexta de carnaval com as cores de meu clube! Mas vou tomar cuidado com o batuque para não acordar o sonolento marketing do Flamengo…  SRN.

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

Ronaldinho Gaúcho – vale o que ganha?

Postado em Colunas | Thursday, 16 de February de 2012

Estava tentando fazer uma análise do custo benefício de R10 para o Flamengo e o meu balanço não foi favorável… pelo menos para o Mengão! Ronaldinho Gaúcho voltou a um clube brasileiro depois de anos na europa. Com ele, o Flamengo conseguiu ser campeão invicto de um estadual cada vez mais falido e na base de muitos empates e penalidades defendidas pelo goleirão Felipe, ou seja, tirando o gol contra o Boavista nas finais ele nada fez em termos de atuações magistrais. No brasileiro R10 teve algumas boas atuações culminando com a épica atuação no Santos x Flamengo na Vila… Tirando isso, foi um jogador meia boca. E R10 continua sendo cada vez mais um jogador meia boca, pois a impressão que tenho é que ele joga de má vontade e sem interesse nenhum.

Falta “sangue” a ele, coisa que o Love tem de sobra. Falta o Ronaldo chamar a responsabilidade do jogo, falta ele falar “deixa que eu resolvo”, “dá a bola em mim” e não ficar escondido e aparecendo apenas para fazer uma gracinha de vez em quando. Acho que o Flamengo investiu um dinheiro que não tem como arcar, que sai com muito custo dos cofres da Gávea para pagar um jogador que não se empenha em campo. Ah, mas o Ronaldinho foi contratado para bombar o marketing do Flamengo vão dizer… Estamos em 2012 e ainda não temos um patrocinador Master na camisa… que marketing é esse? Onde estão os produtos licenciados do jogador? Será que com o novo acordo de imagem vão lançar algo? Ou será que nem em 2010 quando o Love chegou, tínhamos o famoso “Império do Amor” e não havia , por exemplo, coroas e perucas, produtos básicos que representariam os atacantes Adriano e Love, para serem vendidos pelo Flamengo?

Os ambulantes que não são bobos, venderam “rios” de perucas com trancinhas rubro-negras, mas o que o marketing do Flamengo fez? E o que o mesmo marketing fará para arrecadar com produtos do R10 e até do mesmo Love, que está de volta? Se foi contratado um jogador pelo que ele já representou e não pelo que ele joga hoje, que seja utilizada a imagem do mesmo para trazer dinheiro para os cofres da Gávea, pois R$ 1.200,00 por mês só saíndo é praticamente uma Mega Sena por mês… SRN.

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

Diário de Libertadores: No estilo Joel de jogar…

Postado em Coluna do leitor,Colunas | Thursday, 16 de February de 2012

O Flamengo estreou ontem na fase de grupos da Taça Libertadores da América jogando fora de casa contra o Lanús, time argentino. Notou-se que Léo Moura está voando na temporada e … só! O time do Flamengo jogou na retranca, como é de praxe nos times comandados por Joel Santana. Juro que senti falta dos “toques envolventes” da Era Luxemburgo, pois ontem foi somente na base do chutão, na base do “bola pro mato que o jogo é de campeonato”! O Flamengo não apresentou um padrão tático coerente com a grandeza do Flamengo. Como disse Ronaldinho: “Flamengo é Flamengo”, mas ontem, o Flamengo não foi Flamengo, como Ronaldinho não vem sendo Ronaldinho há muito tempo, mas isso é outra conversa…

Mesmo jogando na retranca máxima, o Flamengo saiu na frente em um lampejo que deu certo e com a ajuda da zaga do time argentino que furou e não cortou o cruzamento de Júnior César para Léo Moura marcar. Flamengo 1 x0. No segundo tempo o Flamengo continuou recuado e numa jogada de perde e ganha o Lanús empatou o jogo. Depois Botinelli ainda perderia chance incrível de colocar o Fla em vantagem novamente ao isolar a bola sem goleiro.

Final de jogo e o 1 x 1 no placar não foi de todo ruim, mas ficou a impressão que se o Flamengo fosse um pouquinho mais Flamengo, a vitória teria ocorrido.

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

Diário da Libertadores – Relembrando a classificação.

Postado em Coluna do leitor,Colunas | Thursday, 02 de February de 2012

O jogo foi muito nervoso, como tudo que ocorre no Flamengo, é lógico! O Flamengo precisava de uma vitória simples para seguir na Libertadores e entrou em campo com muita garra, raça e vontade, como há tempos não víamos. Botinelli se destacou pela vontade e garra, o que é normal em um jogador argentino e que nós torcedores levamos muito em conta, Léo Moura estava bem marcado depois do estrago que causou na altitude de Potosí e R10 tinha uns bons lampejos aliados a muita determinação. Foi numa falta sofrida por Darío Botinelli que R10 cruzou na cabeça de Léo Moura para o Flamengo abrir o placar: 1×0. O placar não se alterava no segundo tempo e o Fla tomava iniciativa, apesar de estar mais acuado, esperando o Real sair para o jogo. A partida foi chegando ao seu derradeiro fim com requintes de drama a cada ataque da equipe boliviana, pois um golzinho deles colocaria tudo a perder! Retribuindo o presente, Léo Moura achou R10 que deu uma caneta no zagueiro antes de tocar para o fundo das redes, marcando, nos acréscimos o gol da classificação! Fim de jogo, Mengão na fase de grupos e com o sonho de chegar ao bicampeonato do torneio!

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

Diário da Libertadores – Relembrando a Batalha em Potosí

Postado em Coluna do leitor,Colunas | Thursday, 26 de January de 2012

Na primeira batalha da guerra por uma vaga na fase de grupos da Libertadores o Flamengo foi derrotado em campo. Com duas falhas da defesa, o Fla levou dois gols e foi superado pelo placar de 2 x 1, adiando a decisão da vaga para a próxima quarta.

O Flamengo foi lento e jogou em grupo, o que facilitava a troca de passes na altitude. Com uma bela jogada individual de Léo Moura, que foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para Luis Antônio completar para o gol sem chances para o goleiro adversário, o Flamengo abriu o placar e parecia que a noite seria rubro-negra, mas depois acabou recuando excessivamente e “desistiu” de jogar. O empate e a virada vieram de duas bolas alçadas na área que a defesa não cortou. Depois disso o que se viu foi um Flamengo entregue e satisfeito com a derrota com um gol marcado. Fiquei com a impressão de que o Flamengo podia ter feito muito mais do que apresentou ontem e ter deixado a Bolívia com pelo menos um empate. Sendo assim resta torcer para que no próximo jogo a sorte seja diferente, pois agora é ganhar ou se contentar com a disputa de um campeonato Estadual falido…SRN.

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

Diário da Libertadores – Em busca da América – Primeira Final:

Postado em Coluna do leitor,Colunas | Tuesday, 24 de January de 2012

Amanhã o Mengão estréia na fase de grupos da Libertadores da América de 2012. O ambiente vai ser bem hostil pois será um Brasil x Argentina quando a bola rolar para Lanus e Flamengo. Vágner Love, que fez a sua reestréia no domingo contra o Nova Iguaçu, não poderá jogar devido ao fato de ter sido expulso no último jogo pelo Flamengo na Libertadores de 2010 contra a LA U. Ao que tudo indica iremos de Botinelli no meio de campo e papai Joel terá de pedir para que os jogadores não caiam na catimba argentina. Aliás, se me cabe um comentário, o jogador brasileiro joga muito com a emoção. No jogo de amanhã o Flamengo terá de ser frio e calculista para sair com a vitória. Se deixar os argentinos jogarem em campo e no emocional, poderemos ter uma derrota bem desagradável…

Isaak Fla

por Isaak Fla

Flamenguista desde antes de nascer nesta era.

Podcast Papo de Urubu

  • Visualizar

    PAPO DE URUBU #08 | Gordos no estádio

  • Visualizar

    PAPO DE URUBU #07 | O camisa 8 da nação

  • Visualizar

    Papo de Urubu #06 | Homer é Rubro Negro

Ver Todos

Categorias

banner-quadrado-camisa-dna

Cadastro de Newsletter

Entre com seu e-mail: